Opinião a Sora (Kingdom Hearts)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Opinião a Sora (Kingdom Hearts)

Mensagem  André Vieira em Qua Set 15, 2010 1:25 pm

Nome: Sora
Idade: 14 Anos
Local de Nascimento: Destiny Islands
Data de Nascimento: Desconhecido
Peso: Desconhecido

Sora tem 14 anos no princípio de Kingdom Hearts e vive nas Destiny Islands com os seus melhores amigos Riku e Kairi, e outros, incluindo Selphie, Tidus e Wakka. Sora e os seus dois amigos mais chegados procuram ver o mundo para além das ilhas e começam a construir uma balsa. No entanto, uma estranha força obscura ataca as ilhas e Sora é arrastado da sua casa e separado dos seus amigos. Seu mundo então é atacado por Heartless e ele acaba entrando em uma fenda que liga os mundos, caindo em Traverse Town (Cidade da Travessia).
Lá ele conhece Donald Duck (Pato Donald) e Goofy (Pateta), o Mago Real da Corte e o Capitão da Guarda Real do Disney Castle, respectivamente, que partiram em missão após o desaparecimento de seu rei, Mickey Mouse (Mickey Mouse). Os três decidem procurar pelos seus amigos juntos, especialmente desde que Donald e Goofy acreditam que Sora é quem irá derrotar a força obscura pois ele possui a arma conhecida como Keyblade.
Na Traverse Town, Sora encontra Riku e descobre que nenhum deles conseguiu encontrar Kairi. Riku, vendo que Sora se tornou amigo de Donald e Goofy, pensa que Sora se esqueceu dele e de Kairi e decide encontrar Kairi sozinho. Sora acaba por cruzar vários mundos para parar os Heartless, as criaturas que encarnam a escuridão, e também resgatar as Sete Princesas de Coração, que são a chave para abrir a última fechadura que irá abrir caminho para Kingdom Hearts, o objectivo dos vilões que controlam os Heartless.
Quando se descobre que Kairi é uma das Princesas de Coração, Sora descobre que Riku acredita que o coração dela foi roubado pelos Heartless. Na verdade, o Sora tinha contido o coração de Kairi dentro dele durante todo o jogo desde que ela o atravessou no príncipio do jogo. Para entregar o coração dela, Sora usa a Keyblade obscura para retirar o seu coração e o dela, tornando-se num Heartless por um curto espaço de tempo antes de ser restaurado ao normal. Maleficient (Malévola) introduziu Riku à escuridão e ele foi possuído pelo Heartless de Xehanort (que era então chamado de Ansem), o verdadeiro vilão do jogo. Sora e os seus amigos conseguem derrotar Xehanort. Enquanto Sora investiga a entrada para a escuridão, Riku e o rei Mickey aparecem do outro lado da porta e juntos fecham-na dos dois lados: com a Keyblade do Sora no domínio da luz e a Keyblade de Mickey no domínio da escuridão.
À medida que os mundos se restauram, Kairi e Sora são separados. Sora promete voltar para ela assim que ele encontrar Riku e a entrada para a luz.

Depois de ser separado dos seus amigos, Sora vagueou por um longo caminho com Donald e Pateta, procurando uma maneira de encontrar Riku e Mickey, encontrando Pluto pelo caminho. Quando chegam a uma encruzilhada e resolvem parar por ali, um misterioso homem com um longo manto preto encapuzado aparece e informa que “em frente está algo que precisas, mas para o teres, precisas perder algo querido”. O homem desparece e resta um caminho. O trio segue o caminho que os leva a um misterioso forte conhecido como Castle Oblivion (Castelo do Esquecimento). Eles entram no castelo esperando arranjar algumas pistas sobre o paradeiro dos seus amigos, apenas para descobrir que à medida que vão subindo pelos andares do forte, mais memórias eles perdem e mais incertos eles se tornam.
Mal sabem eles que as suas memórias estão a ser manipuladas por uma misteriosa organização que pretende capturar e manipular Sora. Para isso, usam Naminé, uma jovem bruxa que consegue reorganizar as correntes das memórias e formar novos elos. Para fazer Sora esquecer-se de Kairi, Naminé começa a substituir as suas memórias de Kairi por ela própria. Enquanto isso, um conflicto entre os membros da Organização leva a vários encontros entre Sora e Riku, de quem as memórias de Kairi também foram substituídas com aquelas contendo Naminé.
A incerteza deles cresce até ao ponto em que eles acabam na Twilight Town (Cidade do Crepúsculo), um sítio que Sora tem a certeza que nunca visitou, por isso não deveria existir na sua memória. O membro da Organização número 4, Vexen, revelou que aquele lugar existe no outro lado do coração de Sora, mas é eliminado por Axel, o oitavo membro da Organização, antes que consiga explicar alguma coisa.
Axel acaba por trair Marluxia, o Lorde do Castle Oblivion, revelando que Marluxia e Larxene, os mais novos membros do seu grupo, queriam usar Sora para derrubar a Organização. Axel manipulou Naminé a fazer o que ela achava certo. Ela revelou a Sora que ela nunca existiu nas memórias dele e que ela tem estado a substituir a pessoa mais importante para ele. Riku aparece outra vez e é derrotado por Sora. Quando Sora tenta ajudar o magoado Riku, ele ataca Sora. Naminé usa o seu poder para quebrar a memória de Riku, e isso fá-lo tombar. Larxene vem para eliminar Sora e Riku, que é revelado ser afinal uma réplica do Riku real, criado por Vexen.
Sora derrota Larxene e perdoa Naminé, arrependida pelas suas acções. Ela promete restaurar as memórias do trio quando eles chegarem ao 13º piso do Castle Oblivion, onde Marluxia está à espera deles. Quando Marluxia é derrotada, Naminé pede para eles entrarem nas máquinas que irão reorganizar as suas memórias à forma como eram, mas para isso terão de quebrar os elos que Naminé criou. Apesar de saberem que irão esquecer Naminé, Sora promete que apesar de ela estar esquecida, ela permanecerá no seu coração, nunca perdida.

Um ano depois dos eventos de Chain of Memories, Sora, Donald e Goofy acordam na Twilight Town com as suas memórias restauradas, apesar de não conseguirem lembrar-se dos eventos que aconteceram no Castle Oblivion. Continuando a sua viagem para encontrar Riku e o Rei Mickey, eles viajam para novos mundos, conhecendo e vendo amigos e inimigos do jogo original Kingdom Hearts, combatendo os Heartless e uma nova ameaça, os membros restantes da organização que encontraram em Chain of Memories.
Depois de explorarem a Twilight Town, Sora e companhia seguem para a Torre e Sora obtém novas roupas - com o aviso do mestre mago Yen Sid – de Flora, Fauna e Merryweather, as fadas de A Bela Adormecida. Numa homenagem ao filme, as três fadas primeiro querem todas que a nova roupa de Sora seja das suas respectivas cores, até que finalmente Sora as convence a pararem de discutir. A nova roupa deixa Sora transformar-se em novas formas e conseguir poderes especiais de cada um deles. A fonte da magia da roupa está ligada ao coração de Sora, que está associado a todos os seus amigos, tal como Donald e Goofy, sendo referido por Yen Sid como “a chave que conecta tudo”; isto também é como a manipulação de memória de Naminé funciona.

No decorrer do jogo, Sora expressa a sua determinação em trazer Riku de volta para casa, nas Destiny’s Islands, onde a Kairi espera pacientemente por eles. A jornada torna-se mais complicada quando a própria Kairi é raptada por Axel. Pete (que trabalha para a ressuscitada Maleficient) e a Organização XIII estão a causar problemas noutros mundos, e o Rei Mickey recusa-se a dar informações sobre o paradeiro de Riku. Sora tem também de descobrir porque certos membros dirigem-se a ele como Roxas.
Eventualmente, Sora, com a ajuda das crianças de Twilight Town (três amigos de Roxas) e Axel, consegue encontrar o caminho para “The World That Never Was” (O Mundo Que Nunca Foi): a fortaleza da Organização, onde o próprio Kingdom Hearts se encontra. Reunido com os seus amigos Riku e Kairi, ele e os outros tentam parar Xemnas, o líder da Organização.
Sora e Riku são separados de Mickey, Goofy, Kairi e Donald. Eles lutam contra Xemnas sozinhos e derrotam-no, apesar de ficarem presos no “The World That Never Was”. À medida que Sora e Riku partilham pensamentos sobre as suas viagens e amizade, uma garrafa contendo uma carta de Kairi vai até à costa. A Porta para a Luz aparece, e Sora e Riku usam-na para voltarem ao seu mundo-natal: as Destiny’s Islands.
Reunido por fim com os todos os seus amigos, Sora devolve o amuleto de Kairi, enquanto esta diz: “Estás em casa.”. No fim dos créditos, Sora pergunta a Riku como ele acha que a Porta para a Luz apareceu. Riku responde que foi por causa do coração de Sora. Kairi corre até eles e dá-lhes uma garrafa que encontrou, contendo uma carta do Rei Mickey. O jogo termina com o trio lendo a carta, sendo o seu conteúdo um mistério para o jogador, é claro que possivelmente pode ser a carta que Mickey escreve para Sora no Kingdom Hearts Coded (Mobile), no qual deve-se retratar de Ventus, Terra e Aqua.

A arma principal em Kingdom Hearts, a Keyblade, é a única coisa que pode fechar os mundos, prevenindo os Heartless de consumirem o coração do mundo. É uma das poucas armas que pode destruir os Heartless e os Nobodies por completo, mas por causa dela, o seu possuidor (Sora) é constantemente perseguido por eles. Eles são basicamente atraídos pelo coração de Sora, não pela Keyblade, como no caso de Roxas. Roxas, como um Nobody de Sora, foi capaz de usar a Keyblade também. É uma espada com formato de chave e possui o poder de abrir qualquer porta ou fechadura.
A origem da Keyblade é um mistério. A lenda da Keyblade se divide em duas vertentes: Uma afirma que a Keyblade criou caos e destruição, enquanto outra diz que ela trouxe a paz e harmonia para o universo. No entanto, essa lenda é envolta em mistérios e pouco se sabe sobre qual parte da lenda é verdadeira.
A Keyblade é uma arma especial, pois ela escolhe seu mestre. Uma vez escolhido, o mestre é a única pessoa capaz de manejá-la. Caso outra pessoa tente fazer o mesmo, a Keyblade irá se teleportar imediatamente para a mão de seu mestre.
Mais tarde, é descoberto que a Keyblade de Sora não é a única existente. O Rei Mickey possui sua própria Keyblade, e Riku e Roxas também são mestres da Keyblade. A Kingdom Key (Chave do Reino) é a forma principal da Keyblade do Sora. Pode ser melhorada através de chaveiros, cada qual com a sua aparência e poderes. Durante sua aventura, Sora pode coletar algumas keychains, que alteram o formato da Keyblade e adicionam novos poderes a ela.
Apesar da Keyblade do domínio da luz ter sido transferida do Riku para o Sora, Riku continua com uma Keyblade, a Way To The Dawn (Caminho Para o Amanhecer) Keyblade. Sob a influência de Xehanort, Riku usou uma Keyblade de escuridão falsa criada a partir dos corações das seis Princesas de Coração. O Rei Mickey usa a Keyblade do domínio da escuridão, que tem as cores inversas da Kingdom Key.
avatar
André Vieira
Administrador Global
Administrador Global

Masculino Mensagens : 22
Data de inscrição : 11/09/2010
Idade : 22
Localização : Funchal-Madeira-Portugal

Ver perfil do usuário http://www.electro-digit.pt.vu

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum